Polícia

Mulher procura delegacia após ex divulgar vídeo íntimo em site pornográfico

Uma mulher de 34 anos procurou a delegacia de polícia da cidade de Ponta Porã a 346 quilômetros de Campo Grande, nesta segunda-feira (27) depois de ter um vídeo íntimo divulgado em um site de pornografia pelo ex-marido. A mulher foi avisada pela irmã de que tinha um vídeo dela em um site pornográfico. Quando […]

Thatiana Melo Publicado em 28/07/2020, às 07h26 - Atualizado às 12h57

(Ilustrativa)
(Ilustrativa) - (Ilustrativa)

Uma mulher de 34 anos procurou a delegacia de polícia da cidade de Ponta Porã a 346 quilômetros de Campo Grande, nesta segunda-feira (27) depois de ter um vídeo íntimo divulgado em um site de pornografia pelo ex-marido.

A mulher foi avisada pela irmã de que tinha um vídeo dela em um site pornográfico. Quando a vítima foi procurar acabou se reconhecendo nas imagens e na delegacia contou que o ex-marido que havia feito os vídeos sem seu consentimento, quando eram casados.

Ela ainda disse que estão separados há 13 anos e que desde o rompimento do relacionamento não tem contato com o homem, e que inclusive, ela já está casada novamente. A mulher contou temer que outros vídeos gravados pelo autor sejam publicados na internet.

É crime

Ainda que a pessoa não tenha invadido o dispositivo informático da vítima para obter fotos ou vídeos íntimos, a divulgação é crime de injúria e difamação, e está previsto nos artigos. 139 e 140 do Código Penal. Quando alguém ofende a honra da vítima e quando alguém ofende a reputação da vítima, com a intenção de torna-la passível de descrédito.

Jornal Midiamax