Polícia

Mulher desaparece após dizer que iria fazer tratamento em hospital

Uma mulher identificada como Maria Rosa da Silva, de 43 anos está desaparecida desde a manhã da última segunda-feira (18) após comentar com familiares que estaria indo para realizar tratamento de saúde no Hospital São Julião, em Campo Grande. Conforme registro no boletim de ocorrências feito pela família, a vítima mora em Rio Negro e […]

Vinícius Costa Publicado em 19/02/2020, às 18h19 - Atualizado às 18h20

(Foto: Reprodução, Arquivo Pessoal)
(Foto: Reprodução, Arquivo Pessoal) - (Foto: Reprodução, Arquivo Pessoal)

Uma mulher identificada como Maria Rosa da Silva, de 43 anos está desaparecida desde a manhã da última segunda-feira (18) após comentar com familiares que estaria indo para realizar tratamento de saúde no Hospital São Julião, em Campo Grande.

Conforme registro no boletim de ocorrências feito pela família, a vítima mora em Rio Negro e chegou a Capital no último domingo para acompanhar um velório. Porém, na manhã do sumiço teria dito a familiares que iria realizar o tratamento no hospital.

Preocupados com o não retorno da mulher e iminente desaparecimento, a família procurou o hospital para saber se ela havia dado entrada para iniciar o tratamento, mas informação que foi negada.

O número da mulher não atende e nem recebe mensagens. A família também afirmou que não havia registro de brigas ou desentendimentos no âmbito familiar. O caso está sendo apurado pela 4° Delegacia de Polícia de Campo Grande, na região das Moreninhas.

Jornal Midiamax