Polícia

Motociclista morre 11 dias após ser atropelado em estrada vicinal e motorista fugir

Morreu na tarde de sexta-feira (28) Adriano Dias da Silva, de 37 anos, vítima de grave acidente no último dia 17. Ele conduzia a motocicleta por uma estrada vicinal em Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande, e morreu após 11 dias internado. Segundo o registro, o motociclista seguia naquele dia 17 por uma […]

Renata Portela Publicado em 29/08/2020, às 10h06

Autor ainda não foi identificado (Foto: JP News)
Autor ainda não foi identificado (Foto: JP News) - Autor ainda não foi identificado (Foto: JP News)

Morreu na tarde de sexta-feira (28) Adriano Dias da Silva, de 37 anos, vítima de grave acidente no último dia 17. Ele conduzia a motocicleta por uma estrada vicinal em Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande, e morreu após 11 dias internado.

Segundo o registro, o motociclista seguia naquele dia 17 por uma estrada vicinal no Alto Sucuriú, em Três Lagoas. Assim, ele conduzia a Honda CG vermelha, do sítio até o local de trabalho, quando foi atingido por um outro veículo ainda não identificado.

Então, com a batida a vítima caiu, sofreu politraumatismo e foi socorrida pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). Depois, Adriano foi transferido para a Santa Casa de Campo Grande, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na tarde de sexta-feira.

Até o momento, não há informações sobre o autor, envolvido no acidente. Apenas marcas do pneu de um veículo ficaram no banco da motocicleta. Por isso, o caso é tratado como homicídio culposo na direção de veículo automotor, além de omissão de socorro.

Jornal Midiamax