Polícia

Membro de facção criminosa contrata pistoleiro por R$ 500 para matar ex-namorada

Uma mulher escapou de ser assassinada a tiros e estuprada nesta sexta-feira (3), na cidade de Aral Moreira a 402 quilômetros de Campo Grande, a mando de seu ex-namorado que seria membro de uma facção criminosa. O pistoleiro teria sido contratado pelo valor de R$ 500. Segundo o boletim de ocorrência, a mulher chegou assustada […]

Thatiana Melo Publicado em 04/01/2020, às 07h33 - Atualizado em 09/07/2020, às 00h08

Foto: Ilustrativa
Foto: Ilustrativa - Foto: Ilustrativa

Uma mulher escapou de ser assassinada a tiros e estuprada nesta sexta-feira (3), na cidade de Aral Moreira a 402 quilômetros de Campo Grande, a mando de seu ex-namorado que seria membro de uma facção criminosa. O pistoleiro teria sido contratado pelo valor de R$ 500.

Segundo o boletim de ocorrência, a mulher chegou assustada na delegacia por volta da meia noite deste sábado (4) contando que no dia anterior, por volta das 17h30 quando fazia caminhada por uma estrada vicinal foi cercada pelo homem, que estava armado. O autor passou as mãos no seus seios e cintura e tentou rasgar a sua blusa, momento em que ela conseguiu fugir e se esconder na casa de uma amiga.

Quando se sentiu segura foi até a delegacia, onde relatou aos policiais que o autor em dias anteriores constantemente passava na frente do ponto de ônibus, em que a jovem esperava pelo transporte, sendo que em uma das vezes chegou a perguntar se ela tinha namorado obtendo resposta positiva da parte da mulher.

Com as características do autor, a polícia encontrou a sua casa e ao ser abordado ele confessou o crime, mas disse ter sido contratado pelo ex-namorado da vítima, que seria membro de facção criminosa para matá-la, e que pelo serviço receberia o valor de R$ 500. A motivação seria ciúmes.

Na casa do autor, a polícia ainda encontrou nove tabletes de maconha, que o pistoleiro disse ter comprado pelo valor de R$ 250 e que revenderia cada tablete por R$ 120. Ele foi levado para a delegacia.

Jornal Midiamax