Polícia

Gaeco faz operação para apurar desvio de combustíveis por servidores de prefeitura em MS

O Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado) deflagrou na manhã desta quarta-feira (16), na cidade de Navirai a 359 quilômetros de Campo Grande, a Operação Destilação Fracionada. São cumpridos sete mandados de busca e apreensão para apurar a prática dos crimes de peculato, falsidade e associação criminosa. Segundo investigações dos promotores […]

Thatiana Melo Publicado em 16/09/2020, às 11h49 - Atualizado às 12h15

(Divulgação)
(Divulgação) - (Divulgação)

O Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado) deflagrou na manhã desta quarta-feira (16), na cidade de Navirai a 359 quilômetros de Campo Grande, a Operação Destilação Fracionada. São cumpridos sete mandados de busca e apreensão para apurar a prática dos crimes de peculato, falsidade e associação criminosa.

Segundo investigações dos promotores foi descoberto que em março deste ano estava acontecendo desvio de combustível em contrato celebrado com a prefeitura e o posto de gasolina da cidade, com a possível participação de servidores públicos.

Foram feitas buscas e apreensões em residências e locais de trabalho dos investigados, a Justiça ainda determinou o afastamento do cargo de três servidores públicos municipais investigados pelo Ministério Público do Estado. Não foi revelado o valor desviado.

Jornal Midiamax