Polícia

Mais de 550 pessoas são flagradas nas ruas pela Guarda após o Toque de Recolher

A GCM (Guarda Civil Metropolitana), durante as ações do Toque de Recolher, orientou 34 estabelecimentos comerciais e encerrou duas festas neste último sábado (12), em Campo Grande. Cerca de 556 pessoas foram flagradas nas ruas. A operação conjunta pela Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) e Vigilância Sanitária foi realizada nas sete regiões da […]

Renata Fontoura Publicado em 13/12/2020, às 09h08 - Atualizado em 14/12/2020, às 08h21

Conforme as equipes, 34 estabelecimentos comerciais funcionavam após 22h - Foto: Divulgação/GCM
Conforme as equipes, 34 estabelecimentos comerciais funcionavam após 22h - Foto: Divulgação/GCM - Conforme as equipes, 34 estabelecimentos comerciais funcionavam após 22h - Foto: Divulgação/GCM

A GCM (Guarda Civil Metropolitana), durante as ações do Toque de Recolher, orientou 34 estabelecimentos comerciais e encerrou duas festas neste último sábado (12), em Campo Grande. Cerca de 556 pessoas foram flagradas nas ruas.

A operação conjunta pela Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) e Vigilância Sanitária foi realizada nas sete regiões da Capital.

Durante os trabalhos, a operação Lei Seca também aconteceu totalizando 368 testes de etilômetro, também conhecido como bafômetro, com 288 veículos e 80 motocicletas abordados. Entre eles, 35 notificações foram feitas e dois veículos removidos.

Lembrando que o Toque de Recolher, das 22h às 05h, segue em todo Mato Grosso do Sul até o dia 29 de dezembro. As denúncias podem ser feitas pelo 153.

Jornal Midiamax