Polícia

Mãe e esposa presenciaram execução de homem na fronteira 

A mãe e a esposa de Joari José Paz de Lima, de 39 anos, presenciaram a execução do homem no início da tarde desta terça-feira (08) em Ponta Porã, a 346 quilômetros de Campo Grande, cidade sul-mato-grossense que faz fronteira com Pedro Juan Caballero, no Paraguai. Ainda, de acordo com as informações da polícia, os […]

Dayene Paz Publicado em 09/12/2020, às 07h59

Local onde a vítima caiu após ser assassinada. Foto: Divulgação
Local onde a vítima caiu após ser assassinada. Foto: Divulgação - Local onde a vítima caiu após ser assassinada. Foto: Divulgação

A mãe e a esposa de Joari José Paz de Lima, de 39 anos, presenciaram a execução do homem no início da tarde desta terça-feira (08) em Ponta Porã, a 346 quilômetros de Campo Grande, cidade sul-mato-grossense que faz fronteira com Pedro Juan Caballero, no Paraguai. Ainda, de acordo com as informações da polícia, os suspeitos usaram armas de grosso calibre e estava em um veículo com placas paraguaias.

Conforme o boletim de ocorrência, momentos antes da execução, o homem foi perseguido por um veículo HB20 branco.Testemunhas contaram que Joari estava sentado na varanda de uma residência, acompanhado da mãe e da esposa, momento em que viu uma Blazer branca, com placas paraguaias, dobrando a esquina.

O homem então correu e se escondeu atrás de uma árvore. A caminhonete então parou em frente da residência, quando mais de dois homens desceram e começaram a disparar, com armas de grosso calibre, contra Joari. O homem não resistiu e morreu antes mesmo da chegada do socorro. No local, foram encontrados vários estojos de munições calibre 7,62x39mm, 5,56x45mm e 9mm.

A Força Tática da Polícia Militar, Polícia Civil, perícia e funerária estiveram no local. O caso foi registrado na 1ª Delegacia de Polícia Civil de Ponta Porã, onde será investigado. Nenhum suspeito foi preso até o momento.

Jornal Midiamax