Polícia

Jovem é colocada dentro de carro a força, agredida com pauladas e esfaqueada por namorado

Um rapaz de 18 anos foi preso nesta quarta-feira (22) depois de espancar e esfaquear, a namorada de 20 anos, na cidade Chapadão do Sul a 330 quilômetros de Campo Grande. A vítima foi encontrada ensanguentada pela polícia. Informações da polícia são de que a jovem saiu de casa por volta das 8 horas da […]

Thatiana Melo Publicado em 23/01/2020, às 10h15 - Atualizado às 12h24

Autor foi preso quando procurou atendimento no mesmo hospital da vítima (Ilustrativa)
Autor foi preso quando procurou atendimento no mesmo hospital da vítima (Ilustrativa) - Autor foi preso quando procurou atendimento no mesmo hospital da vítima (Ilustrativa)

Um rapaz de 18 anos foi preso nesta quarta-feira (22) depois de espancar e esfaquear, a namorada de 20 anos, na cidade Chapadão do Sul a 330 quilômetros de Campo Grande. A vítima foi encontrada ensanguentada pela polícia.

Informações da polícia são de que a jovem saiu de casa por volta das 8 horas da manhã de quarta (22), quando momentos depois o namorado conhecido como ‘Lágrima’ chegou em um carro junto de outros dois homens, que a colocaram dentro do veículo a força.

Ela foi levada até uma casa, onde passou a ser agredida com socos, pauladas na cabeça, que acabaram fraturando seu crânio. ‘Lágrima’ ainda de posse de uma faca tentou desferir golpes contra a vítima, que entrou em luta corporal com ele, mas ela acabou sendo atingida por uma facada na coxa. Segundo a vítima, a todo o momento ela era ameaçada de morte por ele, que dizia que não passaria de hoje a morte dela.

Antes de fugir, a jovem ainda conseguiu atingir o ombro e a mão do namorado. Ela correu chegando até a sua casa, onde foi socorrida por familiares e levada para o hospital da cidade, mas teve de ser encaminhada para o hospital de Costa Rica para fazer exames de tomografia por causa da fratura no crânio.

O autor foi encontrado pela polícia no mesmo hospital para onde a vítima foi levada, com ferimentos nas mãos e ombro. Ele ainda tentou fugir quando percebeu, que as enfermeiras teriam ligado para a polícia, mas acabou preso. 

Jornal Midiamax