Polícia

História mal contada: gêmeo de criminoso corre da polícia sem motivos e acaba na delegacia

Na noite de segunda-feira (11), rapaz de 25 anos acabou na delegacia de Corumbá, a 444 quilômetros de Campo Grande, após fugir da abordagem policial. O irmão gêmeo está foragido, tem contra ele um mandado de prisão por envolvimento em latrocínio e a fisionomia do suspeito enganou os militares. Conforme o registro, a equipe fazia […]

Renata Portela Publicado em 12/05/2020, às 06h46 - Atualizado às 14h05

None

Na noite de segunda-feira (11), rapaz de 25 anos acabou na delegacia de Corumbá, a 444 quilômetros de Campo Grande, após fugir da abordagem policial. O irmão gêmeo está foragido, tem contra ele um mandado de prisão por envolvimento em latrocínio e a fisionomia do suspeito enganou os militares.

Conforme o registro, a equipe fazia rondas quando viu o rapaz, que é gêmeo do criminoso. Como havia contra o irmão um mandado de prisão em aberto, os policiais fizeram abordagem, mas o rapaz começou a fugir, pulando muros de residências. Ele chegou na casa dele, quando familiares também tentaram evitar a abordagem, empurrando os policiais.

Já na delegacia, foi constatado que ele não era o autor do crime. Questionado então porque tinha fugido ele disse que é usuário de drogas e estava fumando maconha na hora em que os policiais chegaram. O rapaz acabou autuado por resistência e desobediência.

Jornal Midiamax