O homem, 55 anos, envolvido no acidente que matou Edmar Chaves dos Santos, 19 anos, em Dourados, se apresentou no primeiro distrito policial da cidade ainda no sábado (26), dia em que ocorreu o acidente.

Conforme publicado no site Dourados News, ao se entregar, o homem teria informado à polícia que acionou a seta do veículo que conduzia para realizar a conversão, mas não visualizou o motociclista.

Ele também disse que teria fugido do local por se sentir ameaçado e, com medo, optou por se apresentar à polícia mais tarde.

O acidente

Edmar Chaves trafegava em uma motocicleta Honda Fan, quando colidiu contra um veículo Chevrolet Montana com placas de Itaporã. Os dois veículos automotores envolvidos no acidente seguiam no mesmo sentido.

O condutor da Montana teria tentado fazer uma conversão, momento em que houve a batida que vitimou o jovem douradense.