Polícia

Homem executado em Dourados estava em casa jantando com a esposa

Ronaldo Santos Alves de 25 anos, executado na noite desta Sexta-feira Santa (10), com pelo menos 15  tiros de pistola nove milímetros, estava dentro de sua casa jantando com a esposa, que presenciou o crime. Este é o quinto homicídio nos últimos dias em Dourados. Nos casos anteriores, três mortes a tiros e uma a […]

Marcos Morandi Publicado em 11/04/2020, às 06h57 - Atualizado às 08h17

Crime foi cometido por três pistoleiros. (Foto: Sidney Bronka)
Crime foi cometido por três pistoleiros. (Foto: Sidney Bronka) - Crime foi cometido por três pistoleiros. (Foto: Sidney Bronka)

Ronaldo Santos Alves de 25 anos, executado na noite desta Sexta-feira Santa (10), com pelo menos 15  tiros de pistola nove milímetros, estava dentro de sua casa jantando com a esposa, que presenciou o crime. Este é o quinto homicídio nos últimos dias em Dourados. Nos casos anteriores, três mortes a tiros e uma a pauladas.

Testemunha do crime, a esposa de Ronaldo Santos Alves de 25 anos, morto na Vila São Braz na periferia de Dourados, disse que o casal estava na residência quando três homens chegaram em duas motos e chamaram pelo esposo.

Eles entraram na casa e atiraram várias vezes contra Ronaldo que ainda tentou se abrigar na cozinha, mas foi alvejado vários vezes com tiros de pistola calibre 9 milímetros. A mulher foi poupada pelos pistoleiros que fugiram logo depois do crime.

Assim que os pistoleiros deixaram o local,  a mulher pediu ajuda e o Serviço Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado, mas quando os socorristas chegaram Ronaldo já estava morto.

Policiais civis e militares estiveram no local e as investigações já começaram. A polícia quer saber se há ligação da morte desta noite com os crimes registrados nos últimos dias em Dourados, onde outras três pessoas foram executadas por pistoleiros.

O caso será investigado pela Depac (Delegacia de  Pronto Atendimento Comunitário) e  pelo SIG (Serviço de Investigações Gerais) da Polícia Civil.

Jornal Midiamax