Polícia

Homem é morto com tiro no peito após tentar matar 3 em condomínio

Clayson Edwilians Gerônimo foi morto na noite deste domingo (12), após uma troca de tiros com a Polícia Militar, em Dourados, distante 233 quilômetros de Campo Grande. Ele é suspeito de um atentado que deixou três pessoas feridas, momentos antes de morrer. De acordo com o site Dourados News, Clayson estaria com outros dois homens […]

Ana Paula Chuva Publicado em 12/04/2020, às 21h33 - Atualizado em 13/04/2020, às 08h42

(Osvaldo Duarte | Dourados News)
(Osvaldo Duarte | Dourados News) - (Osvaldo Duarte | Dourados News)

Clayson Edwilians Gerônimo foi morto na noite deste domingo (12), após uma troca de tiros com a Polícia Militar, em Dourados, distante 233 quilômetros de Campo Grande. Ele é suspeito de um atentado que deixou três pessoas feridas, momentos antes de morrer.

De acordo com o site Dourados News, Clayson estaria com outros dois homens em duas motos. Eles passaram em frente a uma residência no bairro Dioclécio Azul e efetuaram disparos contra três rapazes que estava sentado na frente da casa.

Um dos rapazes foi levado com ferimentos para o Hospital da Vida, o outro para o Hospital Evangélico e o terceiro encaminhado a UPA (Unidade de Pronto Atendimento).

Clayson  teria tentado fugir de uma abordagem no Ipê Roxo, momentos após a tentativa de homicídio. Ele foi cercado pelos policiais e teria atirado contra a equipe, que revidou.

O suspeito foi atingido no peito e chegou a ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros, mas morreu ao dar entrada no Hospital da Vida.

Outros dois homens foram presos e um adolescente apreendido, por serem suspeitos de participação no atentado.

Todos acabaram encaminhados à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) para depoimento.

Jornal Midiamax