Polícia

Homem é assassinado em rancho e queimadas no Pantanal dificultam chegada de polícia

Foi assassinado neste domingo (11), em um rancho nas proximidades da região do Castelo, no Rio Paraguai, Adreilson Silva Velasquez de 37 anos, em Corumbá a 444 quilômetros de Campo Grande. O autor teria fugido de barco do local. A irmã de Adreilson procurou a delegacia para informar sobre o crime dizendo que havia recebido […]

Thatiana Melo Publicado em 12/10/2020, às 10h57 - Atualizado às 14h00

None

Foi assassinado neste domingo (11), em um rancho nas proximidades da região do Castelo, no Rio Paraguai, Adreilson Silva Velasquez de 37 anos, em Corumbá a 444 quilômetros de Campo Grande. O autor teria fugido de barco do local.

A irmã de Adreilson procurou a delegacia para informar sobre o crime dizendo que havia recebido um telefonema do vizinho, que afirmou que seu irmão tinha sido assassinado e que autor conhecido por Miguel havia fugido em um barco.

A perícia da Polícia Civil tentou ir até o local, mas por causa da fumaça das queimadas e à baixa do rio deixando bancos de areia no caminho, já que o trajeto deveria ser feito de barco, não foi possível. Nesta segunda-feira (12), a polícia deve tentar chegar ao local.

Não se sabe os motivos para o crime, e se o autor já teria sido localizado.

Jornal Midiamax