Polícia

‘Gay não entra no meu carro’: Motorista de aplicativo recusa corrida na Afonso Pena

Um jovem de 26 anos procurou a delegacia na noite desta sexta-feira (7) depois de ser discriminado por um motorista de aplicativo. O motorista teria se recusado a embarcar o motorista após descobrir que o passageiro é gay. O jovem conta que saiu do trabalho por volta das 20 horas na avenida Afonso Pena e […]

Mylena Rocha Publicado em 08/02/2020, às 07h54 - Atualizado em 09/02/2020, às 08h22

Imagem ilustrativa: Pixabay
Imagem ilustrativa: Pixabay - Imagem ilustrativa: Pixabay

Um jovem de 26 anos procurou a delegacia na noite desta sexta-feira (7) depois de ser discriminado por um motorista de aplicativo. O motorista teria se recusado a embarcar o motorista após descobrir que o passageiro é gay.

O jovem conta que saiu do trabalho por volta das 20 horas na avenida Afonso Pena e pediu um carro por aplicativo. O motorista chegou, em um Chevrolet Onix, e logo perguntou para o passageiro se ele era gay.

O passageiro confirmou, mas o motorista teria se negado a aceitar a corrida. “Gay não entra no meu carro”, disse ao jovem. O motorista fechou o vidro do carro e foi embora, deixando o passageiro sem transporte.

Jornal Midiamax