Polícia

Foragido há 2 anos acusado de matar idoso estrangulado é preso em Campo Grande

Foragido há dois anos e cinco meses, Israel Alves de Souza, 59 anos, foi preso nesta segunda-feira (1º) por policiais da DEH (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Homicídios). Ele é acusado de matar Darilio Honorato, 84 anos, no dia 8 de janeiro de 2018. No dia dos fatos, Israel agiu com outro homem […]

Dayene Paz Publicado em 01/06/2020, às 19h35 - Atualizado às 19h50

Foi preso por policiais da DEH. Imagem: Divulgação.
Foi preso por policiais da DEH. Imagem: Divulgação. - Foi preso por policiais da DEH. Imagem: Divulgação.

Foragido há dois anos e cinco meses, Israel Alves de Souza, 59 anos, foi preso nesta segunda-feira (1º) por policiais da DEH (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Homicídios). Ele é acusado de matar Darilio Honorato, 84 anos, no dia 8 de janeiro de 2018. No dia dos fatos, Israel agiu com outro homem de 29 anos, que já está preso pelo crime.

Conforme a Polícia Civil, a equipe da DEH realizava diligências nesta tarde, quando localizou o suspeito e constatou que contra ele havia um mandado de prisão em aberto, emitido pelo juiz da 2ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande.

O processo havia sido suspenso diante da fuga de Israel. No entanto, com a captura, será reaberto e ele será julgado pelo crime. Israel será encaminhado ao sistema penitenciário, onde ficará à disposição do Poder Judiciário, que já foi comunicado da prisão.

No dia 8 de janeiro, Dalirio foi morto estrangulado na casa onde morava no Jardim Tarumã por duas pessoas, Israel e um jovem de 29 anos de idade. Conforme testemunhas, costumeiramente Dalirio deixava usuários de drogas acessarem sua casa para ingerirem bebida alcoólica. Ele não tinha medo, segundo os autos do processo, já que era conhecido no bairro e não acreditava que alguém faria algo ruim com ele.

Jornal Midiamax