Polícia

Financiador de fuga no Paraguai escapa de cerco e polícia recaptura dois fugitivos de presídio

A Polícia Nacional do Paraguai prendeu dois fugitivos da Penitenciária de Pedro Juan Caballero identificados como os paraguaios Celso Luís Alvarenga Oviedo e Hugo Ramón Pizzurno. Laurindo da Silva Neto, considerado o financiador da fuga de mais de 70 presos, conseguiu fugir. Mais de 60 agentes cercaram o Edifício Yguazu em Pedro Juan Callero no […]

Diego Alves Publicado em 08/02/2020, às 00h02 - Atualizado às 00h10

Foto: ABC Color
Foto: ABC Color - Foto: ABC Color

A Polícia Nacional do Paraguai prendeu dois fugitivos da Penitenciária de Pedro Juan Caballero identificados como os paraguaios Celso Luís Alvarenga Oviedo e Hugo Ramón Pizzurno. Laurindo da Silva Neto, considerado o financiador da fuga de mais de 70 presos, conseguiu fugir.

Mais de 60 agentes cercaram o Edifício Yguazu em Pedro Juan Callero no Paraguai, localizado na Linha Internacional, onde os três estavam. De acordo com a polícia paraguaia, ele conseguiu fugir pelo lado brasileiro da fronteira.

Laurindo da Silva Neto considerado o financiador da fuga dos mais de 70 detentos da Penitenciária Regional de Pedro Juan Caballero saiu do prédio quando notou a aproximação dos policiais, publicou o site MS em Foco.

Joel Alves da Rosa que chegou ao prédio em uma caminhonete S-10 branca com placas de Sergipe, também foi preso. Segundo a polícia, ele faria o resgate dos membros da quadrilha que estavam no prédio.

Posteriormente ele foi identificado como Jonatan Brito Alves, pois usava documentos falsos. Ele seria o responsável por manter a logística dos fugitivos. Policiais brasileiros e paraguaios estão mobilizados dos dois lados da fronteira para tentar prender Laurindo.

Jornal Midiamax