Polícia

Ex-marido tenta atropelar mulher que foi cobrar pensão e acerta a própria mãe

Após quase ser atropelada e sofrer ameaças de morte, uma mulher de 38 anos procurou a Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) nesta segunda-feira (24) para registrar um boletim contra seu ex-marido e cunhado. Eles tentaram atropelá-la por causa da pensão atrasada de 3 meses. A mulher contou na delegacia, que está separada do […]

Thatiana Melo Publicado em 25/08/2020, às 06h03

Vítima ficou com alguns ferimentos (Ilustrativa)
Vítima ficou com alguns ferimentos (Ilustrativa) - Vítima ficou com alguns ferimentos (Ilustrativa)

Após quase ser atropelada e sofrer ameaças de morte, uma mulher de 38 anos procurou a Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) nesta segunda-feira (24) para registrar um boletim contra seu ex-marido e cunhado. Eles tentaram atropelá-la por causa da pensão atrasada de 3 meses.

A mulher contou na delegacia, que está separada do autor há 9 meses e que nesta segunda (24) foi até a casa da mãe dele, no Guanandi, para ir cobrar a pensão que está atrasada há 3 meses. Quando conversava com a ex-sogra, o ex-marido chegou na companhia do ex-cunhado que saiu do carro e começou a gritar com ela questionando o que estaria fazendo lá.

Em seguida retornou para o carro e tentou atropelá-la sendo que a mulher acabou sendo salva pela amiga, que a puxou pelo braço. Mas, os homens acabaram atropelando a própria mãe. Depois, o ex-marido saiu do carro e a segurou pelo braço dizendo, “eu falei para você que iria matá-la.” Ela ficou com algumas escoriações pelo corpo.

A mulher disse que foi casada com o autor por 15 anos e que os dois têm um filho de 11 anos.

Jornal Midiamax