Polícia

Ex-marido invade casa e agride mulher para ficar com auxílio emergencial de R$ 600

Na noite de quarta-feira (20), moradora em Brasilândia, cidade distante 382 quilômetros de Campo Grande, denunciou o ex-marido por agressão e ameaça. A mulher, de 23 anos, teve a casa invadida pelo homem de 38 anos, que a ameaçou caso ela não entregasse para ele o dinheiro do auxílio emergencial. Segundo relato da vítima, ela […]

Renata Portela Publicado em 21/05/2020, às 07h13 - Atualizado em 09/07/2020, às 00h17

Caso foi registrado na delegacia de Brasilândia (Arquivo)
Caso foi registrado na delegacia de Brasilândia (Arquivo) - Caso foi registrado na delegacia de Brasilândia (Arquivo)

Na noite de quarta-feira (20), moradora em Brasilândia, cidade distante 382 quilômetros de Campo Grande, denunciou o ex-marido por agressão e ameaça. A mulher, de 23 anos, teve a casa invadida pelo homem de 38 anos, que a ameaçou caso ela não entregasse para ele o dinheiro do auxílio emergencial.

Segundo relato da vítima, ela foi casada com o agressor por 9 anos e está separada há 3 meses. Por conta da separação, ele teria começado a beber e usar drogas e constantemente via na casa da ex-mulher durante a madrugada e pula o muro da residência, incomodando a vítima para voltar com ele.

O homem ainda passou a agredir a vítima e na noite de quarta-feira, pulou o muro da casa da mulher enquanto ela jantava com familiares e agrediu a vítima a chutes. Ele a ameaçou, dizendo que cortaria os cabelos da vítima se ela não entregasse os R$ 600 do auxílio emergencial.

Ele ainda ameaçou a vítima de morte caso a visse com outro homem. O caso foi registrado como ameaça e lesão corporal dolosa, qualificados por violência doméstica.

Jornal Midiamax