Polícia

Estrangeiros ilegais flagrados em MS oferecem US$ 100 mil de propina a militares

Na terça-feira (4), um boliviano e um peruano foram presos após entrarem clandestinamente no Brasil através de Corumbá, a 444 quilômetros de Campo Grande. Flagrados, eles tentaram subornar militares do Exército com dólares. A princípio a dupla teria entrado no país por uma trilha clandestina, na linha de fronteira entre Corumbá e cidades da Província […]

Renata Portela Publicado em 05/08/2020, às 08h47 - Atualizado às 13h29

Dinheiro foi apreendido (Foto: Diário Corumbaense)
Dinheiro foi apreendido (Foto: Diário Corumbaense) - Dinheiro foi apreendido (Foto: Diário Corumbaense)

Na terça-feira (4), um boliviano e um peruano foram presos após entrarem clandestinamente no Brasil através de Corumbá, a 444 quilômetros de Campo Grande. Flagrados, eles tentaram subornar militares do Exército com dólares.

A princípio a dupla teria entrado no país por uma trilha clandestina, na linha de fronteira entre Corumbá e cidades da Província de German Busch. Ali, militares do Exército atuam desde o início da pandemia, quando a fronteira foi fechada na Operação Covid-19.

Assim, os dois estrangeiros foram flagrados e começaram a oferecer dinheiro para que fossem liberados. Conforme o Diário Corumbaense, eles chegaram a oferecer US$ 10 mil, 20 mil, 50 mil e por fim 100 mil. No entanto, acabaram presos e o valor total, US$ 180.250,00 apreendido.

Jornal Midiamax