Polícia

Empresa é multada em R$ 108 mil pelo transporte irregular de 21,6 mil litros de agrotóxico

Empresa foi multada pela PMA (Polícia Militar Ambiental) nesta segunda-feira (31) em Tacuru, a 416 quilômetros de Campo Grande, em R$ 108 pelo transporte irregular de 21,6 mil litros de agrotóxicos.  Não havia no veículo as identificações com relação a todos os símbolos para transporte de produtos perigosos e sinalizações, conforme as normas técnicas e […]

Renan Nucci Publicado em 31/08/2020, às 18h31

Carregamento apreendido pelos policiais. Foto: Divulgação
Carregamento apreendido pelos policiais. Foto: Divulgação - Carregamento apreendido pelos policiais. Foto: Divulgação

Empresa foi multada pela PMA (Polícia Militar Ambiental) nesta segunda-feira (31) em Tacuru, a 416 quilômetros de Campo Grande, em R$ 108 pelo transporte irregular de 21,6 mil litros de agrotóxicos. 

Não havia no veículo as identificações com relação a todos os símbolos para transporte de produtos perigosos e sinalizações, conforme as normas técnicas e a legislação ambiental relativa ao transporte do produto perigoso. 

Ou seja, não era veículo preparado para o transporte daquele tipo de carga. O caminhão com o agrotóxico, que foi carregado na cidade de Paulínia (SP) e que seguia para, Sete Quedas foi apreendido.

Os Policiais Militares Ambientais autuaram administrativamente a empresa infratora, com domicílio jurídico em Paulínia (SP). O produto perigoso e o veículo foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de Tacuru e os responsáveis poderão por crime ambiental.

Jornal Midiamax