Dupla abate jacarés, ateia fogo em mata e é surpreendida pela polícia

Dois homens que que abateram um jacaré e provocavam incêndio nas margens do Rio Paraguai foram surpreendidos pela PMA (Polícia Militar Ambiental) na região do Nabileque na fronteira com o Paraguai em Corumbá, cidade a 440 quilômetros de Campo Grande. Uma equipe da PMA realizava fiscalização no rio Paraguai, subindo de Porto Murtinho, na região […]
| 14/06/2020
- 21:12
Dupla abate jacarés, ateia fogo em mata e é surpreendida pela polícia
Divulgação, PMA - Divulgação, PMA

Dois homens que que abateram um jacaré e provocavam incêndio nas margens do foram surpreendidos pela PMA (Polícia Militar Ambiental) na região do Nabileque na com o Paraguai em Corumbá, cidade a 440 quilômetros de Campo Grande.

Uma equipe da PMA realizava fiscalização no rio Paraguai, subindo de Porto Murtinho, na região do Nabileque na fronteira com o Paraguai e já no município de Corumbá, pela manhã verificou fumaça de incêndio à margem do rio no lado brasileiro.

A PMA informou que a equipe se aproximou para averiguar o incêndio, quando avistou dois indivíduos colocando fogo na vegetação, sendo que um deles estava com uma arma de fogo. Ao verificarem que era a PMA, os infratores empreenderam fuga pela mata em chamas, abandonando uma carabina calibre 22 de marca puma municiada ao chão, além de um facão e um arpão artesanal, na parte queimada.

No local foram encontradas duas carcaças de jacarés com marcas de disparo de arma de fogo, que provavelmente os infratores mataram por diversão, pois não havia carne retirada dos bichos. A equipe apreendeu os materiais e conseguiu extinguir o fogo que poderia se alastrar por grande área. Os Policiais calculam que os homens estavam limpando a área para plantar alguma lavoura no local e possivelmente devem moram na região.

Veja também

Vítima foi internada em hospital na fronteira com Ponta Porã

Últimas notícias