Polícia

Dono de festa clandestina é preso por desacato e convidados tentam resgatá-lo de viatura

Um homem de 34 anos foi preso na madrugada deste domingo (19) por promover uma festa com mais de 100 pessoas no município de Amambai, a 352 quilômetros de Campo Grande, em meio a pandemia do coronavírus, causador da Covid-19. Ele ofendeu os policiais, e convidados tentaram resgatá-lo de dentro da viatura, motivo pelo qual […]

Renan Nucci Publicado em 23/08/2020, às 09h19 - Atualizado em 24/08/2020, às 08h19

(Foto Ilustrativa: Pixabay)
(Foto Ilustrativa: Pixabay) - (Foto Ilustrativa: Pixabay)

Um homem de 34 anos foi preso na madrugada deste domingo (19) por promover uma festa com mais de 100 pessoas no município de Amambai, a 352 quilômetros de Campo Grande, em meio a pandemia do coronavírus, causador da Covid-19. Ele ofendeu os policiais, e convidados tentaram resgatá-lo de dentro da viatura, motivo pelo qual foi necessário uso de tiros com balas de borracha.

Conforme boletim de ocorrência, após denúncia de aglomeração em um imóvel na Rua José Alves Cavalheiro, a Polícia Militar chegou ao local e pediu apoio à Polícia Civil. O responsável, ao ser abordado, passou a ofender as equipes com palavras de baixo calão, dizendo que ninguém poderia entrar na casa. Por este motivo, ele acabou preso.

O homem tentou resistir usando de violência, mas foi contido. No entanto, logo após ser colocado dentro do compartimento de presos da viatura da Polícia Civil, os convidados da festa investiram contra as equipes, na tentativa de resgatá-lo. Após tiros com balas de borracha, a multidão se acalmou.

Lá havia mais de 100 pessoas bebendo e fumando, sem máscaras de proteção, em descumprimento aos decretos municipais de prevenção ao coronavírus. O homem vai responder por infração de medida sanitária, resistência, desacato e perturbação de sossego alheio.

Jornal Midiamax