Polícia

Dona de boate acusa funcionária de roubo e após agressão, confusão termina na delegacia

Após ser acusada de roubo pela proprietária de uma boate, uma jovem de 24 anos de idade, acabou agredindo uma colega do estabelecimento e a confusão terminou na delegacia de Polícia Civil na noite desta sexta-feira (10) em Costa Rica, a 384 quilômetros de Campo Grande. Conforme as informações que constam no boletim de ocorrência, […]

Dayene Paz Publicado em 11/04/2020, às 09h27

(Ilustração)
(Ilustração) - (Ilustração)

Após ser acusada de roubo pela proprietária de uma boate, uma jovem de 24 anos de idade, acabou agredindo uma colega do estabelecimento e a confusão terminou na delegacia de Polícia Civil na noite desta sexta-feira (10) em Costa Rica, a 384 quilômetros de Campo Grande.

Conforme as informações que constam no boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi até o local, onde encontrou a proprietária do estabelecimento. A mulher contou que a funcionária estava roubando a boate, e durante a confusão, teria agredido uma colega com uma lata de cerveja que estava cortada ao meio.

A funcionária acusada de roubo contou aos policiais que está sendo maltratada no local há vários dias, pelos funcionários e proprietária. Na noite desta sexta, afirmou que teria reagido a uma injusta agressão. No entanto, após as funcionárias brigarem, a dona do estabelecimento pegou os pertences da jovem de 24 anos e arremessou no meio da rua.

Todas as envolvidas foram levadas para a delegacia de Polícia Civil, que tomará as medidas cabíveis ao caso.

Jornal Midiamax