Polícia

Dois são mortos por pistoleiros durante festa de aniversário na fronteira

Dois homens foram mortos durante uma festa de aniversário, em Pedro Juan Caballero, na fronteira com Ponta Porã a 346 quilômetros de Campo Grande, neste domingo (16). Uma das vítimas, o aniversariante, chegou a ser socorrido, mas não resistiu e morreu no hospital. As vítimas foram identificadas como sendo Sandro Daniel Lopez e Hugo Alberto […]

Thatiana Melo Publicado em 17/02/2020, às 09h54 - Atualizado às 15h39

Não se sabe a motivação para os crime (Site ABC Color)
Não se sabe a motivação para os crime (Site ABC Color) - Não se sabe a motivação para os crime (Site ABC Color)

Dois homens foram mortos durante uma festa de aniversário, em Pedro Juan Caballero, na fronteira com Ponta Porã a 346 quilômetros de Campo Grande, neste domingo (16). Uma das vítimas, o aniversariante, chegou a ser socorrido, mas não resistiu e morreu no hospital.

As vítimas foram identificadas como sendo Sandro Daniel Lopez e Hugo Alberto Ayala. O crime aconteceu ainda durante a madrugada de domingo (16), quando acontecia a festa na calçada da residência, sendo que os pistoleiros chegaram armados e fizeram vários disparos contra o grupo que participava do evento.

Sandro de 42 anos morreu no local, já Hugo chegou a ser socorrido, mas acabou morrendo ao dar entrada no hospital, segundo o site ABC Color. Os pistoleiros fugiram para dentro de um cemitério abandonando a motocicleta usada no crime, no meio da rua. Os autores conseguiram escapar.

Segundo informações da polícia, Hugo seria responsável pela produção de documentos com conteúdo falsos. Não se sabe a motivação para as execuções. Crime aconteceu quatro dias após assassinato do jornalista Leo Veras, que foi executado com 12 tiros enquanto jantava com sua família em sua casa. 

Jornal Midiamax