Polícia

Dois presos que fugiram da cadeia na fronteira são capturados em chácara

Mais dois presos que fugiram domingo da Penitenciária Regional de Pedro Juan Caballero, na fronteira com Ponta Porã, a 346 quilômetros de Campo Grande, foram recapturados pela polícia do Paraguai na tarde desta quarta-feira (22). Ao todo, já são oito recapturados no país vizinho e em Mato Grosso do Sul. De acordo com o jornal […]

Renan Nucci Publicado em 22/01/2020, às 16h45

Dupla foi presa na tarde desta quarta-feira. Foto: ABC Color
Dupla foi presa na tarde desta quarta-feira. Foto: ABC Color - Dupla foi presa na tarde desta quarta-feira. Foto: ABC Color

Mais dois presos que fugiram domingo da Penitenciária Regional de Pedro Juan Caballero, na fronteira com Ponta Porã, a 346 quilômetros de Campo Grande, foram recapturados pela polícia do Paraguai na tarde desta quarta-feira (22). Ao todo, já são oito recapturados no país vizinho e em Mato Grosso do Sul.

De acordo com o jornal ABC Color, Del Rosário Gómez Armoa e Derlis Marqués Gonzáles, ambos paraguaios, fora localizados pela Polícia Nacional em uma chácara na colônia de Kokeu Pyahu, a cerca de dez quilômetros de Pedro Juan Caballero. 

O comissário Hugo Florentín acredita que a dupla estava recebendo ajuda do dono da propriedade, que não foi encontrado no local. Mais cedo, Cristian Javier Benítez havia se entregado às autoridades e disse que os chefes do PCC (Primeiro Comando da Capital) saíram pela porta principal do presídio. 

A facção brasileira é suspeita de ter comandado a fuga. No entanto, o rapaz afirmou que não pertence ao PCC e que fugiu porque teve oportunidade, assim como vários outros presos. 

Ele disse que estava na cela quando os brasileiros gritaram “Vai embora”, e ele aproveitou para sair pelo túnel. Cristián disse que se entregou após pedido dos pais. “Me apresentei às autoridades porque não dá gosto estar escondido clandestinamente”, disse ao ABC.

Jornal Midiamax