Polícia

Concedida liberdade a suspeitos que derrubaram energia e internet em furto de fios

Durante audiência de custódia na manhã desta quarta-feira (05), a justiça concedeu liberdade provisória aos homens identificados Mac Donalds, de 20 anos, e Punk, de 33 anos, presos pela Derf (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos), pelo furto de fios no centro de Campo Grande. Além deles, uma mulher 47 anos que responde […]

Renan Nucci Publicado em 05/02/2020, às 14h34

Fios foram furtados no centro da cidade. Foto: Divulgação
Fios foram furtados no centro da cidade. Foto: Divulgação - Fios foram furtados no centro da cidade. Foto: Divulgação

Durante audiência de custódia na manhã desta quarta-feira (05), a justiça concedeu liberdade provisória aos homens identificados Mac Donalds, de 20 anos, e Punk, de 33 anos, presos pela Derf (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos), pelo furto de fios no centro de Campo Grande.

Além deles, uma mulher 47 anos que responde por receptação pela compra dos fios também foi liberada. Em sua decisão, a juíza Sueli Garcia, responsável pelo procedimento, decretou medidas cautelares, como comparecimento em juízo e, no caso dos ladrões, os encaminhou para tratamento contra a dependência química, pois são usuários de drogas.

Conforme noticiado, os envolvidos foram presos pela Derf na terça-feira (04), pelo furto de fios de cobre de uma empresa de telefonia na Capital. Os policiais já vinham investigando o crime, e acabou flagrando Mac Donalds e seu comparsa Punk revendendo os fios para a mulher. 

Todos foram levados para a delegacia. Por causa da retirada dos fios, cerca de 200 pessoas na região central da cidade ficaram sem acesso à internet e telefone. Os oito quilos de fios furtados foram vendidos pela dupla por R$ 156.

Jornal Midiamax