Polícia

Comprador atira sem querer e deixa homem que vendia arma de fogo em estado grave

Na noite de terça-feira (14), homem de 29 anos ficou em estado grave ao ser ferido com um disparo de arma de fogo no abdômen. Ele vendia uma arma e o comprador acabou disparando sem querer ao manusear o objeto. Conforme o boletim de ocorrência, a vítima deu entrada na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) […]

Renata Portela Publicado em 15/07/2020, às 06h18

 (Imagem ilustrativa)
(Imagem ilustrativa) - (Imagem ilustrativa)

Na noite de terça-feira (14), homem de 29 anos ficou em estado grave ao ser ferido com um disparo de arma de fogo no abdômen. Ele vendia uma arma e o comprador acabou disparando sem querer ao manusear o objeto.

Conforme o boletim de ocorrência, a vítima deu entrada na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Aero Rancho com o ferimento grave. Então, Polícia Militar foi acionada e constatou com o homem que ele estava vendendo uma garruncha calibre .22 quando foi ferido.

Ainda segundo relato do homem, ele venderia a arma por R$ 400. Assim, o comprador, um homem de 30 anos, foi até ele e enquanto manuseava a arma acabou disparando sem querer. A esposa da vítima a socorreu e encaminhou até o posto de saúde em uma motocicleta.

Por fim, as equipes fizeram buscas e encontraram munições na casa da vítima, que foram apreendidas. O homem ainda foi encaminhado para a Santa Casa por conta da gravidade dos ferimentos e o suposto comprador foi preso em flagrante pela lesão corporal culposa, quando não há intenção.

A vítima também responderá por posse irregular de arma de fogo, já que não tinha registro das armas.

Jornal Midiamax