Polícia

Coletor de resíduos é agredido e ameaçado por morador no Jardim Leblon

Um coletor de resíduos, funcionário da Solurb, empresa responsável pela coleta e tratamento de lixo em Campo Grande, foi agredido por um morador do Jardim Leblon, quando trabalhava na noite deste sábado (02). O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) que funciona na Cepol. Conforme as informações do boletim de ocorrência, […]

Dayene Paz Publicado em 03/05/2020, às 14h01 - Atualizado às 14h02

Imagem ilustrativa - Bloqueio de até R$ 101 milhões ocorreu por suposto favorecimento na licitação do lixo
Imagem ilustrativa - Bloqueio de até R$ 101 milhões ocorreu por suposto favorecimento na licitação do lixo - Imagem ilustrativa - Bloqueio de até R$ 101 milhões ocorreu por suposto favorecimento na licitação do lixo

Um coletor de resíduos, funcionário da Solurb, empresa responsável pela coleta e tratamento de lixo em Campo Grande, foi agredido por um morador do Jardim Leblon, quando trabalhava na noite deste sábado (02). O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) que funciona na Cepol.

Conforme as informações do boletim de ocorrência, o homem trabalhava fazendo coletas nas residências na noite deste sábado, quando ao chegar na casa do autor, teria sido agredido gratuitamente com vários socos. O morador acusava a vítima de ter golpeado o seu cachorro.

No entanto, o coletor afirmou na delegacia que não agrediu o animal e que o portão da residência estava fechado. Além de desferir os socos, o morador teria ameaçado a vítima. Tudo foi presenciado por um colega do coletor.

A vítima contou que finalizou seu trabalho e temendo ser agredido mais uma vez pelo morador durante a coleta, comunicou o ocorrido a chefia. Depois, procurou a delegacia de polícia, para registrar o crime. O caso será apurado pelas autoridades policiais.

Jornal Midiamax