Polícia

Casal é flagrado em taxi no MS com mochila cheia de dinheiro

Um homem de 36 anos e sua esposa, de 38, foram presos nesta segunda-feira (21), por volta das 17h por agentes da Defron (Delegacia Especializada de Repreensão aos Crimes de Fronteira). Eles estavam em um táxi VW Voyage branco e foram abordados na BR-463, no trevo de Laguna Carapã, com uma grande quantidade de dinheiro, […]

Marcos Morandi Publicado em 22/12/2020, às 09h03

Caso foi registrado na Depac de Dourados. (Foto: Marcos Morandi)
Caso foi registrado na Depac de Dourados. (Foto: Marcos Morandi) - Caso foi registrado na Depac de Dourados. (Foto: Marcos Morandi)

Um homem de 36 anos e sua esposa, de 38, foram presos nesta segunda-feira (21), por volta das 17h por agentes da Defron (Delegacia Especializada de Repreensão aos Crimes de Fronteira). Eles estavam em um táxi VW Voyage branco e foram abordados na BR-463, no trevo de Laguna Carapã, com uma grande quantidade de dinheiro, que estava em uma mochila.

Segundo informações até agora apuradas pelos agentes da Defron, durante a vistoria realizada no veículo foram encontrados R$ 20.126 mil, 2.831 dólares, além de quinze milhões e quatrocentos e cinquenta mil guaranis. O dinheiro estava dentro de uma mochila.

No depoimento à polícia, a mulher declarou que o dinheiro é parte da venda de roupas e do trabalho de protético, exercido por Ronaldo. A justificativa não convenceu os agentes, que descobriram um mandado de prisão por receptação contra o suspeito.

Durante vistoria realizada na residência do casal, localizada na Rua Márcio Paiva no Jardim Novo Horizonte, em Dourados, a polícia também encontrou um revólver calibre 38, que segundo o suspeito, era para defesa pessoal.

O suspeito relatou a polícia que a arma é para defesa pessoal. Encaminhado para a delegacia, ele foi autuado por posse ilegal de arma e também pelo crime de receptação e sua esposa responderá processo em liberdade.

Jornal Midiamax