Polícia

Caminhoneiro morre na Santa Casa 14 dias após capotamento de caminhão na MS-306

O caminhoneiro Amaury Costa da Silva, 61, morreu na Santa Casa de Campo Grande 14 dias após sofre um acidente com capotamento na MS-306 em Chapadão do Sul. Após o acidente, o caminhoneiro foi transferido para a Capital onde veio a falecer às 18h desta terça-feira (03). Segundo informações, Amaury transitava pela rodovia no sentido […]

Diego Alves Publicado em 03/11/2020, às 23h20 - Atualizado às 23h52

Caminhão que era dirigido por Amaury (foto: Corpo de Bombeiros)
Caminhão que era dirigido por Amaury (foto: Corpo de Bombeiros) - Caminhão que era dirigido por Amaury (foto: Corpo de Bombeiros)

O caminhoneiro Amaury Costa da Silva, 61, morreu na Santa Casa de Campo Grande 14 dias após sofre um acidente com capotamento na MS-306 em Chapadão do Sul. Após o acidente, o caminhoneiro foi transferido para a Capital onde veio a falecer às 18h desta terça-feira (03).

Segundo informações, Amaury transitava pela rodovia no sentido Chapadão do Sul –  Cassilândia, no dia 20 do mês passado, momento em que perdeu o controle do caminhão, carregado com farelo de milho, que saiu da pista e capotou na margem esquerda da pista. Amaury era funcionário do sindicato Rural de Chapadão do Sul. O caminhoneiro foi levado em estado grave ao hospital da cidade e depois encaminhado à Santa Casa onde faleceu.

Jornal Midiamax