Polícia

Bagagem ‘da boa’: homem vê guarda e abandona mochila lotada com maconha na rodoviária

A GCM (Guarda Civil Metropolitana) apreendeu na tarde desta quinta-feira (14) mais de 10 quilos de maconha, que foram abandonados na antiga rodoviária, localizada na região central de Campo Grande. A Guarda fez rondas, mas não conseguiu localizar o suspeito. A droga foi levada para a Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico). De acordo […]

Dayene Paz Publicado em 14/05/2020, às 17h06 - Atualizado às 17h26

Droga será pesada na Denar. Imagem: Dayene Paz, Midiamax
Droga será pesada na Denar. Imagem: Dayene Paz, Midiamax - Droga será pesada na Denar. Imagem: Dayene Paz, Midiamax

A GCM (Guarda Civil Metropolitana) apreendeu na tarde desta quinta-feira (14) mais de 10 quilos de maconha, que foram abandonados na antiga rodoviária, localizada na região central de Campo Grande. A Guarda fez rondas, mas não conseguiu localizar o suspeito. A droga foi levada para a Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico).

De acordo com o subcomandante da Guarda Civil Metropolitana, Valmir da Silva, a equipe realiza rondas preventivas, no intuito também de evitar aglomerações na região, quando perceberam a atitude suspeita de um homem. “Ao ver a viatura, ele abandonou a mochila e fugiu”, explicou Valmir.

Bagagem 'da boa': homem vê guarda e abandona mochila lotada com maconha na rodoviáriaOs guardas abriram a mochila e encontraram 12 tabletes de maconha. “Provavelmente teria ido ao local entregar a droga a alguém, mas ao ver a viatura acabou abandonando antes da entrega”, comentou o subcomandante. Após constatarem que se tratava de droga, os guardas realizaram rondas para localizar o suspeito de ter deixado a encomenda no local, mas sem sucesso.

A maconha foi levada para a Denar, onde seria pesada. Posteriormente, a delegacia especializada investigará o caso.

O subcomandante Valmir da Silva enfatizou que a Guarda empenha três viaturas diariamente para fazer rondas preventivas na região central, atuando contra a criminalidade e também em ações de orientação sobre a pandemia de coronavírus.

Jornal Midiamax