Polícia

Após mais de 1 mês internado, delegado de MS com coronavírus recebe alta

Recebeu alta o delegado Valter Guelssi, 51, que estava internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital Albert Einstein, em São Paulo, depois de ser diagnosticado com coronavírus no dia 23 de julho. Ele começou a ter os primeiros sintomas da doença, no dia 17 de julho. Depois de mais de 1 mês internado, primeiro […]

Thatiana Melo Publicado em 27/08/2020, às 12h52 - Atualizado às 13h25

Delegado estava internado desde o dia 23 de julho (Arquivo)
Delegado estava internado desde o dia 23 de julho (Arquivo) - Delegado estava internado desde o dia 23 de julho (Arquivo)

Recebeu alta o delegado Valter Guelssi, 51, que estava internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital Albert Einstein, em São Paulo, depois de ser diagnosticado com coronavírus no dia 23 de julho. Ele começou a ter os primeiros sintomas da doença, no dia 17 de julho.

Depois de mais de 1 mês internado, primeiro no hospital de Nova Andradina e depois no hospital de São Paulo, Valter recebeu alta. Ele deve permanecer na cidade paulista para fazer sessões de fisioterapia e outros exames. O delegado deverá ficar afastado de suas funções até a sua completa recuperação, segundo informações do site Plantão Angélica.

O delegado foi transferido para São Paulo por uma decisão da família, no dia 25 de julho. Um avião com uma junta médica do Einstein pousou na pista do aeroporto do frigoríficoJBS na cidade, foi até ao HR com apoio da viatura do Corpo de Bombeiros e escolta de viaturas da Polícia Civil.

Coronavírus

Mato Grosso do Sul registrou 902 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, conforme divulgado nesta quinta-feira (27) no boletim epidemiológico do novo coronavírus. O número, que reflete incremento de 2% na curva, resulta em uma média de 37,5 novos casos a cada 24h. A média móvel, que corrige as distorções e ajuda a entender melhor redução, aumento ou estabilização dos números, está em 866 infecções por dia, nos últimos 7 dias. Em Campo Grande, a média móvel é 389 no mesmo período.

Com isso, o total de infectados em MS chega a 46.261, com registro total de 800 mortes – 17 nas últimas 24 horas, conforme a SES (Secretaria de Estado de Saúde). O boletim detalha, ainda, que MS já soma 194.824 casos notificados, dos quais 144.211 foram descartados. Há 1.832 amostras em análise no Lacen-MS (Laboratório Central de MS) e parceiros, além de 2.520 casos que ainda aguardam encerramento pelos municípios.

Jornal Midiamax