Polícia

Após assassinar a pedradas, homem é linchado e preso em MS

Ele confessou o crime e afirmou que brigou com a vítima por causa de bebida alcoólica, e responderá por homicídio por motivo fútil.

Danielle Errobidarte Publicado em 18/12/2020, às 17h44 - Atualizado às 17h57

Pedra com sangue da vítima foi encontrada no local, às margens da BR-262. (Foto: Divulgação/ PC)
Pedra com sangue da vítima foi encontrada no local, às margens da BR-262. (Foto: Divulgação/ PC) - Pedra com sangue da vítima foi encontrada no local, às margens da BR-262. (Foto: Divulgação/ PC)

Acusado de assassinar homem a pedradas e abandonar corpo às margens da BR-262 em Miranda, a 203 quilômetros da Capital, foi preso nesta sexta-feira (18). O crime ocorreu na última quarta-feira (16) e o autor foi linchado por moradores da cidade.

Ao realizar diligências, a Polícia Civil identificou três testemunhas do homicídio e encaminhou-as à Delegacia. O autor estava detido pela Polícia Militar após ter sido linchado por moradores, e confessou o crime.

Ele ainda explicou aos policiais que o motivo da briga com a vítima teria sido uma discussão por bebidas alcoólicas. Além disso, se identificou com nome e não apresentou documento para comprovação.

Após realizada perícia papiloscópica, foi constatado que o autor mentiu sobre sua identidade e apresentou nome falso. Ele foi autuado em flagrante por homicídio qualificado por motivo fútil e falsa identidade.

Os autores do linchamento, que deixou lesões no corpo do assassino, responderão por lesão corporal dolosa em outra denúncia.

Jornal Midiamax