Polícia

Ao caminhar até criação de abelhas, fazendeiro sente ‘picada’ e percebe que foi baleado

Ao caminhar até sua criação de abelhas na tarde desta segunda-feira (30), morador de uma fazenda em Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande, sentiu uma ‘picada’ e percebeu que foi baleado. No entanto, o homem não ouviu disparo de arma fogo e desconhece a motivação da tentativa de homicídio. O caso é apurado […]

Dayene Paz Publicado em 01/12/2020, às 08h00

Hospital Auxiliadora. Imagem: Divulgação
Hospital Auxiliadora. Imagem: Divulgação - Hospital Auxiliadora. Imagem: Divulgação

Ao caminhar até sua criação de abelhas na tarde desta segunda-feira (30), morador de uma fazenda em Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande, sentiu uma ‘picada’ e percebeu que foi baleado. No entanto, o homem não ouviu disparo de arma fogo e desconhece a motivação da tentativa de homicídio. O caso é apurado pela Polícia Civil.

De acordo com o boletim de ocorrência, o fazendeiro contou que mora na fazenda, que fica as margens de uma estrada conhecida como “Estrada da Breda”, onde possui uma criação de abelha destinada a extração de mel.

No início da tarde de ontem, o homem estava seguindo para o local, quando sentiu doer sua panturrilha esquerda. Ao visualizar, verificou que havia sido atingido por um disparo de arma de fogo. Ele então procurou o Hospital Auxiliadora, onde recebe atendimento médico.

A Polícia Militar foi acionada em seguida ao crime. O homem então contou aos policiais que não possui arma, não ouviu barulho de disparo e desconhece a autoria da tentativa de homicídio. O caso foi registrado na delegacia de Polícia Civil e será investigado.

Jornal Midiamax