Polícia

‘Além de preto é enrolado’: motoentregador sofre racismo após demora no pedido

Um motoentregador, de 29 anos, precisou registrar um boletim de ocorrência e acionar a Polícia Militar após sofrer racismo ao fazer uma entrega de sushi no Centro da Capital, na tarde desta quinta-feira (29). Ao chegar com o pedido em um condomínio, ouviu “além de preto é enrolado” do cliente. O motoentregador ainda foi xingado […]

Danielle Errobidarte Publicado em 29/10/2020, às 17h34 - Atualizado em 30/10/2020, às 09h03

Ele foi fazer entrega de sushi em condomínio (Foto: Arquivo/ Marcos Ermínio)
Ele foi fazer entrega de sushi em condomínio (Foto: Arquivo/ Marcos Ermínio) - Ele foi fazer entrega de sushi em condomínio (Foto: Arquivo/ Marcos Ermínio)

Um motoentregador, de 29 anos, precisou registrar um boletim de ocorrência e acionar a Polícia Militar após sofrer racismo ao fazer uma entrega de sushi no Centro da Capital, na tarde desta quinta-feira (29). Ao chegar com o pedido em um condomínio, ouviu “além de preto é enrolado” do cliente.

O motoentregador ainda foi xingado pelo homem, que ficou estressado após o pedido atrasar. Entretanto, ele registrou na ocorrência policial que o atraso se deu em razão da demora no preparo do prato pelo restaurante, e não na entrega.

A Polícia Militar foi acionada para comparecer ao condomínio onde a entrega foi feita e o caso registrado como injúria racial.

Jornal Midiamax