Polícia

Acusado de matar jovem com tiro na boca e comerciante é preso no Paraná

Foi preso o homem acusado da morte de Renan Machado dos Santos, de 18 anos, e Eliseu Gregório, de 37 anos, crimes ocorridos nos dias 13 e 21 de julho. Os dois homicídios aconteceram em Mundo Novo, cidade distante 462 quilômetros de Campo Grande. As investigações da Polícia Civil de Mundo Novo concluíram que o […]

Renata Portela Publicado em 05/08/2020, às 09h09

Prisão aconteceu em trabalho conjunto das polícias de PR e MS / Divulgação
Prisão aconteceu em trabalho conjunto das polícias de PR e MS / Divulgação - Prisão aconteceu em trabalho conjunto das polícias de PR e MS / Divulgação

Foi preso o homem acusado da morte de Renan Machado dos Santos, de 18 anos, e Eliseu Gregório, de 37 anos, crimes ocorridos nos dias 13 e 21 de julho. Os dois homicídios aconteceram em Mundo Novo, cidade distante 462 quilômetros de Campo Grande.

As investigações da Polícia Civil de Mundo Novo concluíram que o rapaz de 26 anos foi autor dos dois homicídios, além de uma tentativa de homicídio contra um homem de 30 anos. Assim, ele foi localizado e preso na terça-feira (4) em Foz do Iguaçu (PR), com apoio da Delegacia de Homicídios do Paraná.

Além do preso, outras nove pessoas estariam envolvidas no crime, sendo que dois homens são considerados foragidos, entre eles o mandante dos crimes.

Homicídios

Renan foi assassinado dentro de casa, quando defendia a tia do atirador. Isso porque naquele dia 13, o autor do crime invadiu a residência a procura do tio de Renan, que conseguiu fugir. No entanto, o homem passou a ameaçar a mulher com a arma de fogo, quando o sobrinho a defendeu e acabou ferido com um tiro na boca.

Assim, com o disparo ele chegou a ser levado ao hospital gravemente ferido, mas não resistiu. Já no dia 21, Eliseu foi morto a tiros em uma concessionária. Naquele dia, dois homens armados chegaram em uma motocicleta e atiraram, sendo que um dos suspeitos chegou a ser preso no dia seguinte.

Jornal Midiamax