Polícia

Acusado de estuprar mulher em terreno baldio é preso 9 anos depois

Foi preso em Pedranópolis (SP) homem de 36 anos acusado de cometer um estupro em 2011, em Paranaíba, a 407 quilômetros de Campo Grande. Ele foi localizado na área rural daquele município e agora responderá pelo crime, cometido 9 anos atrás. Segundo a Polícia Civil, no dia do crime o homem abordou a vítima, colocou […]

Renata Portela Publicado em 01/09/2020, às 13h08 - Atualizado às 17h58

Delegacia da Mulher de Paranaíba (Foto: Divulgação)
Delegacia da Mulher de Paranaíba (Foto: Divulgação) - Delegacia da Mulher de Paranaíba (Foto: Divulgação)

Foi preso em Pedranópolis (SP) homem de 36 anos acusado de cometer um estupro em 2011, em Paranaíba, a 407 quilômetros de Campo Grande. Ele foi localizado na área rural daquele município e agora responderá pelo crime, cometido 9 anos atrás.

Segundo a Polícia Civil, no dia do crime o homem abordou a vítima, colocou uma faca no pescoço e a ameaçou de morte. Assim, sob a grave ameaça, levou a mulher até um terreno baldio, onde a estuprou. Em seguida, ele fugiu e a vítima foi encaminhada ao hospital, onde passou pelos exames médicos.

Após o exame de corpo de delito, foi também colhido material genético para identificar o autor do crime. No entanto, após mais de um ano de investigações, o suspeito ainda não tinha sido identificado, mas o inquérito policial seguiu para o Poder Judiciário. Assim, havia ainda ressalva, caso novos fatos surgissem, para que as investigações fossem retomadas.

Então, em julho deste ano a DAM (Delegacia Especializada da Mulher) recebeu laudo de identidade genética do IALF (Instituto de Análises Laboratoriais Forenses), de Campo Grande. Com isso, foi possível identificar o autor do crime, que também já tinha condenação pelo mesmo fato em São Paulo.

Assim, o autor foi identificado e preso no dia 25 de agosto.

Jornal Midiamax