Polícia

Vigias que deveriam proteger ajudam em furto de carro e são indiciados

Vigias noturnos que foram contratados para zelar pela segurança dos bens de terceiros acabaram indiciados por furto de veículo em Caarapó. Os dois homens, identificados apenas como R.F.de A. e R.A.G, facilitaram para que os comparsas E.P.R. e um adolescente cometesse o crime e levasse o automóvel para a aldeia indígena Téy Kuê. De acordo […]

Renan Nucci Publicado em 30/04/2019, às 13h36

None

Vigias noturnos que foram contratados para zelar pela segurança dos bens de terceiros acabaram indiciados por furto de veículo em Caarapó. Os dois homens, identificados apenas como R.F.de A. e R.A.G, facilitaram para que os comparsas E.P.R. e um adolescente cometesse o crime e levasse o automóvel para a aldeia indígena Téy Kuê.

De acordo com a Polícia Civil, os vigias, durante rondas pela região do bairro Vila Nova, no dia 1° de abril, avistaram o veículo com as chaves no contato e, ao invés de procurarem o proprietário ou a polícia, informaram os comparsas. Além disso, fizeram o possível para “garantir a segurança” dos ladrões durante a execução do crime.

O carro foi levado para a comunidade indígena. Lá, os envolvidos tiraram o som, as calotas e em seguida trocaram por outro carro furtado e mais um aparelho celular. O três maiores vão responder por furto, associação criminosa e corrupção de menores. O adolescente responde por ato infracional análogo ao crime de furto. Os dois automóveis foram recuperados.

Jornal Midiamax