Polícia

Vigia noturno é preso por homicídio e diz que agiu em legítima defesa

Foi preso Nicanor de Oliveira Neto, de 24 anos, pelo homicídio de Gleizer Pires Rondon, de 32 anos, no dia 30 de agosto. O crime aconteceu em Sidrolândia, cidade que fica a 70 quilômetros da Capital. Após investigações os policiais identificaram o vigia noturno como autor do crime e na segunda-feira (9) fizeram a prisão […]

Renata Portela Publicado em 10/09/2019, às 07h32

None

Foi preso Nicanor de Oliveira Neto, de 24 anos, pelo homicídio de Gleizer Pires Rondon, de 32 anos, no dia 30 de agosto. O crime aconteceu em Sidrolândia, cidade que fica a 70 quilômetros da Capital.

Após investigações os policiais identificaram o vigia noturno como autor do crime e na segunda-feira (9) fizeram a prisão de Nicanor. Ele confessou o homicídio, mas disse que agiu em legítima defesa, porque sofria ameaças por parte de Gleizer. A arma do crime também foi apreendida pelo SIG (Setor de Investigações Gerais).

Gleizer já tinha passagens pela polícia e foi morto a tiros no dia 30. Vizinho ouviram os disparos e encontraram o homem já caído no chão, ao lado da bicicleta. Ele foi morto com tiros na cabeça e o caso é tratado como homicídio simples.

Jornal Midiamax