Polícia

VÍDEO: Homem que matou ex perseguiu funcionário de boate antes de tirar a própria vida

A delegada Elaine Cristina Benicasa, plantonista da Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher), explicou na manhã deste sábado (11), como João Gonçalves Silva, de 39 anos, assassinou a ex-mulher, Luana Priscilla Oliveira da Silva, de 26 anos, na boate Luxury, na Vila Carvalho, em Campo Grande. Conforme a delegada, após escutar 5 ou 6 […]

Cleber Rabelo Publicado em 11/05/2019, às 11h31 - Atualizado em 12/05/2019, às 08h55

Foto: Marcos Ermínio
Foto: Marcos Ermínio - Foto: Marcos Ermínio

A delegada Elaine Cristina Benicasa, plantonista da Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher), explicou na manhã deste sábado (11), como João Gonçalves Silva, de 39 anos, assassinou a ex-mulher, Luana Priscilla Oliveira da Silva, de 26 anos, na boate Luxury, na Vila Carvalho, em Campo Grande.

Conforme a delegada, após escutar 5 ou 6 disparos, um funcionário da boate subiu até o quarto onde eles estavam, bateu na porta e ninguém atendeu. “O funcionário foi até a sacada, viu pela janela que a vítima já estava deitada, provavelmente morta na cama, em seguida retornou e arrombou à porta”, afirmou Luana.

Ainda de acordo a delegada, o assassino chegou a perseguir o funcionário, que voltou para a sacada. “Com arma em punho, o autor foi atrás deste funcionário da casa, ele com medo, assustado, saiu correndo e pulou da sacada. Cerca de 5 minutos depois, enquanto estavam acionando a Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, escutaram um último disparo, provavelmente foi o tiro com que ele se matou”, diz.

Jornal Midiamax