Polícia

Vendedor de churros é ameaçado e tem pistola apontada para cabeça durante assalto

Um vendedor de churros de 44 anos, passou por momentos de terror na noite desse sábado (27), no bairro Universitário em Campo Grande. Ele foi abordado por uma dupla de moto que apontou uma arma para sua cabeça exigindo que ele entregasse a carteira e celular. Conforme informações do boletim de ocorrência, a vítima seguia […]

Mariana Rodrigues Publicado em 28/04/2019, às 07h09 - Atualizado às 08h03

Foto: Ilustrativa
Foto: Ilustrativa - Foto: Ilustrativa

Um vendedor de churros de 44 anos, passou por momentos de terror na noite desse sábado (27), no bairro Universitário em Campo Grande. Ele foi abordado por uma dupla de moto que apontou uma arma para sua cabeça exigindo que ele entregasse a carteira e celular.

Conforme informações do boletim de ocorrência, a vítima seguia pela rua Domingos Gomes, e quando estava próximo a Rua Barão de Jundiá foi abordado pela dupla que estava em uma moto preta.

O garupa desceu, e apontando uma pistola, mandou a vítima entregar a carteira e o aparelho celular. Nervoso com a situação, o vendedor não conseguia tirar a carteira do bolso, o autor colocou a arma na nuca batendo e dizendo: “vai logo senão eu vou te dar um tiro”. Após pegar a carteira e aparelho celular, os autores fugiram.

Conforme informações da vítima, ambos estavam usando touca ninja, o que estava armado era moreno, aproximadamente 1.75 cm de altura, magro, capacete de cor preto e vestia casaco de couro preto e calça jeans. O piloto era de menor estatura, e vestia um casaco de cor preto e capacete preto. O vendedor não soube dizer se havia câmeras de segurança no local. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga.

Jornal Midiamax