Polícia

Usando tornozeleira eletrônica há 6 dias, jovem é preso por furtar mercadoria de caminhão

Ailton Aspires Benites, mais conhecido como Catito, foi preso após furtar R$ 4,5 mil em mercadorias de um caminhão estacionado. O homem estava usando tornozeleira eletrônica há seis dias. O crime aconteceu ontem (12) em Corumbá, no bairro Maria Leite, distante 419 km de Campo Grande. Segundo informações da Polícia Civil, o motorista do caminhão […]

Renata Volpe Publicado em 13/06/2019, às 08h49

Mercadorias estavam em quintal da casa do suspeito de roubar a carga. (Foto: Polícia Civil)
Mercadorias estavam em quintal da casa do suspeito de roubar a carga. (Foto: Polícia Civil) - Mercadorias estavam em quintal da casa do suspeito de roubar a carga. (Foto: Polícia Civil)

Ailton Aspires Benites, mais conhecido como Catito, foi preso após furtar R$ 4,5 mil em mercadorias de um caminhão estacionado. O homem estava usando tornozeleira eletrônica há seis dias. O crime aconteceu ontem (12) em Corumbá, no bairro Maria Leite, distante 419 km de Campo Grande.

Segundo informações da Polícia Civil, o motorista do caminhão baú, estacionou o veículo em frente a uma churrascaria e enquanto dormia na cabine, teve a carga de frios e laticínios furtados.

Para furtar os produtos do baú frigorífico, os bandidos arrombaram o cadeado. Os policiais colheram informações dos possíveis suspeitos do furto e chegaram até a casa de Catito.

Quase toda mercadoria furtada estava no quintal da residência do homem. Os policiais também encontraram um carrinho de mão, usado para descarregar os produtos do caminhão.

Dentro da casa, também foi encontrada uma parte da mercadoria em cima da cama. Ele confessou o crime e disse ter tido ajuda do colega Enrico Mendes de Souza.

Catito foi com os policiais até a casa do comparsa. Na casa de Enrico, os policiais encontraram dentro da geladeira uma parte da carga furtada. Os dois foram presos e encaminhados para a 1ª DP de Corumbá.

Jornal Midiamax