Polícia

Travesti é suspeita de levar R$ 500 de motorista após ter programa negado em Dourados

Um motorista de 36 anos registrou um boletim de ocorrência na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) de Dourados por roubo. Segundo ele, durante a noite de sábado (22) ele teve R$ 500 levado por uma travesti, após ele ter recusado um programa. De acordo com o relato do homem à polícia, o motorista é […]

Daiany Albuquerque Publicado em 23/06/2019, às 17h26 - Atualizado em 24/06/2019, às 08h31

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação) - (Foto: Divulgação)

Um motorista de 36 anos registrou um boletim de ocorrência na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) de Dourados por roubo. Segundo ele, durante a noite de sábado (22) ele teve R$ 500 levado por uma travesti, após ele ter recusado um programa.

De acordo com o relato do homem à polícia, o motorista é morador de Iguatemi e estava em Dourados à trabalho. Ele ficou hospedado em um hotel na região central da cidade e por volta das 22h de sábado decidiu sair do local para procurar o que comer.

Ele conta que foi até uma lanchonete localizada em um posto em frente ao hotel e que, devido à demora na preparação do seu lanche, foi dar uma volta pela quadra a pé.

No cruzamento da avenida Joaquim Teixeira Alves esquina com a rua Toshinobu Katayama ele foi abordado pela travesti, que teria lhe oferecido um programa. O homem negou e teria pedida para que ela “se afastasse”. Neste momento ele pediu que ele lhe desse R$ 50. “Me dá R$ 50, me dá R$ 50 então”, relatou o motorista.

Ainda conforme o boletim de ocorrência, após negar o dinheiro a travesti teria tirado uma faca que estava em sua roupa e obrigado que o homem lhe entregasse a carteira. “Passa a carteira agora, passa, passa”, contou a vítima.

A travesti retirou o dinheiro e, segundo o motorista, jogou a carteira fora. Ela também pediu que ele entregasse o celular. Após o roubo o homem procurou a Polícia Militar, que realizou rondas pela região, mas não encontrou a autora.

De acordo com o motorista, a travesti aparentava ser jovem, tinha estatura média, era branca, tinha cabelo longo e loiro e vestia uma blusa decotada vermelha e short jeans azul. O caso foi registrado como roubo e será investigado pela polícia.

Jornal Midiamax