Polícia

Traficante recebia botijões de gás como pagamento em troca de drogas

A Polícia Militar prendeu no sábado, em Cassilândia, a 430 quilômetros de Campo Grande, uma mulher de 42 anos suspeita de tráfico de drogas e receptação. Ela aceitava até mesmo botijões de gás como moeda de troca nas negociações com usuários. O caso veio à tona quando a PM de Goiás prendeu um homem que […]

Renan Nucci Publicado em 01/07/2019, às 13h56

Objetos apreendidos na casa da suspeita. Foto: Divulgação
Objetos apreendidos na casa da suspeita. Foto: Divulgação - Objetos apreendidos na casa da suspeita. Foto: Divulgação

A Polícia Militar prendeu no sábado, em Cassilândia, a 430 quilômetros de Campo Grande, uma mulher de 42 anos suspeita de tráfico de drogas e receptação. Ela aceitava até mesmo botijões de gás como moeda de troca nas negociações com usuários.

O caso veio à tona quando a PM de Goiás prendeu um homem que era residente em Cassilândia, por tráfico. Foram repassadas à PM de Mato Grosso do Sul informações de que poderia haver mais drogas na casa em que ele morava com a esposa.

Os policiais foram ao imóvel, na Rua Juscelino Kubitschek de Oliveira,onde encontraram a mulher na residência com 200 gramas de cocaína distribuídas em diversas porções prontas para a venda. Lá tinha também balança de precisão e anotações do tráfico.

Também foram apreendidos com ela quatro botijões de gás, uma motosserra e outros produtos receptados. Diante dos fatos, ela foi encaminhada à Delegacia de Polícia Civil.

Jornal Midiamax