Polícia

Suspeito de arremessar drogas e celulares em presídio é identificado

Dois jovens, de 19 e 21 anos, preso em flagrante por tráfico de drogas, durante rondas ostensivas, no jardim Noroeste, na noite de terça-feira (30). Com eles, a polícia encontrou dois tabletes de maconha, além de cocaína. Um terceiro suspeito, no entanto, conseguiu fugir ao perceber a chegada dos militares. Agentes da Polícia Militar perceberam […]

Maisse Cunha Publicado em 01/05/2019, às 07h52

Trio foi autuado por tráfico de drogas e organização criminosa (Foto: Arquivo/Midiamax)
Trio foi autuado por tráfico de drogas e organização criminosa (Foto: Arquivo/Midiamax) - Trio foi autuado por tráfico de drogas e organização criminosa (Foto: Arquivo/Midiamax)

Dois jovens, de 19 e 21 anos, preso em flagrante por tráfico de drogas, durante rondas ostensivas, no jardim Noroeste, na noite de terça-feira (30). Com eles, a polícia encontrou dois tabletes de maconha, além de cocaína. Um terceiro suspeito, no entanto, conseguiu fugir ao perceber a chegada dos militares.

Agentes da Polícia Militar perceberam atitude suspeita de um deles e efetuaram a abordagem. Segundo a ocorrência, o suspeito portava um tablete de maconha e revelou que havia comprado a droga em uma residência naquele bairro.

No local indicado, ao perceber a chegada dos militares, outro suspeito, de 25 anos, saiu correndo, mas conseguiu fugir por um terreno baldio, abandonando uma mochila. Durante buscas na residência, dois tabletes de maconha e cocaína foram encontrados.

Os militares encontraram, ainda, dois celulares embalados de forma idêntica àqueles lançados em presídio, vulgo “pombo”. Presa, a dona da residência afirmou que o fugitivo seria seu ex-marido e que possui diversas passagens pela polícia.

Os agentes acreditam que ele seja o responsável por arremessar drogas e celulares no presídio de segurança máxima. A ocorrência foi registrada na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) centro.

Jornal Midiamax