Polícia

Secretaria de esportes é alvo da Operação Jogo Sujo, do Gaeco

A operação deflagrada pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), na manhã desta terça-feira (30) tinha como alvo a secretaria de esportes da cidade de Bataiporã – a 306 quilômetros de Campo Grande. A operação Jogo Sujo investigava a fraude em processos licitatórios em mandatos anteriores. As investigações revelaram a fraude […]

Thatiana Melo Publicado em 30/07/2019, às 10h47 - Atualizado em 31/07/2019, às 11h54

Foto: Jornal da Nova
Foto: Jornal da Nova - Foto: Jornal da Nova

A operação deflagrada pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), na manhã desta terça-feira (30) tinha como alvo a secretaria de esportes da cidade de Bataiporã – a 306 quilômetros de Campo Grande.

A operação Jogo Sujo investigava a fraude em processos licitatórios em mandatos anteriores. As investigações revelaram a fraude em licitação para a aquisição de material esportivo, troféus, medalhas e uniformes no âmbito da Secretaria de Esportes de Bataiporã, por meio de empresa de fachada para o desvio de dinheiro público. Os valores desviados não foram revelados. Ninguém foi preso.

Foram cumpridos sete mandados de busca e apreensão na residência de servidores públicos municipais e de empresários, como também na sede prefeitura municipal de Bataiporã, especificamente nas salas funcionais dos agentes públicos investigados.

Jornal Midiamax