Polícia

Se não trabalhar para mim, vou te matar, diz ex-patrão a vendedor de morangos

Um homem de 41 anos procurou a delegacia de polícia de Campo Grande, na noite deste domingo (13) depois de ser ameaçado de morte ao trocar de emprego como vendedor de morangos. Informações do boletim de ocorrência são de que a ameaça teria acontecido por volta das 21 horas deste domingo (13), quando o ex-patrão […]

Thatiana Melo Publicado em 14/10/2019, às 06h23 - Atualizado às 12h05

(Ilustrativa)
(Ilustrativa) - (Ilustrativa)

Um homem de 41 anos procurou a delegacia de polícia de Campo Grande, na noite deste domingo (13) depois de ser ameaçado de morte ao trocar de emprego como vendedor de morangos.

Informações do boletim de ocorrência são de que a ameaça teria acontecido por volta das 21 horas deste domingo (13), quando o ex-patrão conhecido como ‘Negão’ foi até o alojamento onde o homem estava dormindo armado com uma pistola para fazer ameaças de morte.

Ele teria dito ao homem que quem mandava na cidade na venda de morangos era ele, e que se não trabalhasse para ‘Negão’ era bom ir embora por que iria morrer. Em seguida, o homem foi embora roubando todos os pertences da vítima. Segundo o vendedor ele é morador do Paraná e veio para Campo Grande para vender morangos contratado por ‘Negão’, mas uma desavença comercial fez com que mudasse de contratante.

Jornal Midiamax