‘Quem manda na vila é o PCC’: Membros de facção ameaçam sargento da PM no portão de casa

A casa de um sargento da Polícia Militar de Maracaju foi alvo de supostos membros do PCC na noite do último sábado (9). Os suspeitos gritavam na frente do imóvel, localizado no Conjunto Nestor Muzzi, que a polícia não tinha moral com o bando. “Quem manda na vila é o PCC”. A Polícia Militar foi […]
| 11/03/2019
- 19:24
‘Quem manda na vila é o PCC’: Membros de facção ameaçam sargento da PM no portão de casa

A casa de um sargento da de Maracaju foi alvo de supostos membros do PCC na noite do último sábado (9). Os suspeitos gritavam na frente do imóvel, localizado no Conjunto Nestor Muzzi, que a polícia não tinha moral com o bando. “Quem manda na vila é o PCC”.

A Polícia Militar foi acionada por moradores da região que ouviram a gritaria dos suspeitos e dois disparos de arma de fogo. O sargento de 53 anos relatou que os suspeitos ameaçavam invadir a residência e então efetuou os disparos para cima para intimidá-los. Os suspeitos fugiram após os disparos.

A PM realizou rondas na região e localizou um dos autores de 18 anos, que relatou que estava ingerindo bebida alcoólica com outros dois rapazes, conhecidos como Marcinho e Menor, quando decidiram passar na casa.

Com um ferro batendo no portão eles gritavam: “nóis não paga moral pra polícia, quem manda na vila é o PCC (sic)”. A polícia não localizou os outros suspeitos. O rapaz de 18 anos foi levado para a delegacia.

Veja também

As moradoras estavam sentadas em frente de casa quando o homem praticou o crime

Últimas notícias