Polícia

Presos irmãos que esfaquearam rival até a morte em briga generalizada

Os irmãos conhecidos como “Nego”e “Xangão”, suspeitos do assassinato de Josias Martins Ramos Freitas de Luque, 22 anos, em Corumbá, cidade distante a 426 quilômetros de Campo Grande, se entregaram à Polícia após terem a prisão preventiva decretada na última terça-feira. Conforme informações do Diário Corumbaense, a dupla se entregou após a justiça decretar a […]

Mariana Rodrigues Publicado em 09/05/2019, às 11h50

Josias Martins Ramos Freitas de Luque, morto em janeiro.
Josias Martins Ramos Freitas de Luque, morto em janeiro. - Josias Martins Ramos Freitas de Luque, morto em janeiro.

Os irmãos conhecidos como “Nego”e “Xangão”, suspeitos do assassinato de Josias Martins Ramos Freitas de Luque, 22 anos, em Corumbá, cidade distante a 426 quilômetros de Campo Grande, se entregaram à Polícia após terem a prisão preventiva decretada na última terça-feira.

Conforme informações do Diário Corumbaense, a dupla se entregou após a justiça decretar a prisão preventiva. Os pedidos de prisão foram deferidos pela 1ª Vara Criminal de Corumbá, eles chegaram a ser dados como foragidos, mas acabaram se entregando.

Conforme informações da Polícia Civil, os irmãos se encontram em uma cela na Delegacia, serão ouvidos e depois encaminhados para o presídio.

Crime

No dia 27 de fevereiro deste ano, Josias Martins Ramos Freitas de Luque, foi morto a facadas durante briga generalizada em frente a uma conveniência, na praça do bairro Popular Nova. Mesmo golpeado, ele ainda caminhou até a alameda Levino Albino, onde entrou no quintal de uma residência, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no local. A polícia chegou a registrar três boletins de ocorrência por conta da confusão.

Nas imediações de onde tudo aconteceu, a PM encontrou uma arma de brinquedo e uma faca pequena de cabo azul.

Jornal Midiamax