Polícia

Preso bandido que rendeu família e obrigou mulher dirigir carro com objetos roubados

A Polícia Civil identificou o homem que invadiu uma casa no dia 19 de junho, rendeu uma família e obrigou que a mulher dirigisse o veículo com pertences roubados até o Estádio Guanandizão, em Campo Grande. Conforme a polícia, Flávio Pereira de 25 anos era o líder da quadrilha que age com essa modalidade – […]

Dayene Paz Publicado em 04/07/2019, às 16h12 - Atualizado às 16h17

Foto: Divulgação Derf.
Foto: Divulgação Derf. - Foto: Divulgação Derf.

A Polícia Civil identificou o homem que invadiu uma casa no dia 19 de junho, rendeu uma família e obrigou que a mulher dirigisse o veículo com pertences roubados até o Estádio Guanandizão, em Campo Grande. Conforme a polícia, Flávio Pereira de 25 anos era o líder da quadrilha que age com essa modalidade – invasão de domicilio com restrição das vítimas. Ele foi preso no dia 24 de junho pela Polícia Militar.

Conforme as informações da polícia, no dia 19 de junho na Vila Jacy, Flávio aproveitou que o marido da vítima não estava e invadiu a casa armado com uma faca de açougue. A dona de casa de 37 anos e a filha, de 11, foram rendidas. Depois de pegar eletrônicos da residência, obrigou a vítima a dirigir o carro da família até o Estádio de Futebol Guanandizão, onde desembarcou.

Conforme a Derf (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos), o suspeito deu indicações de outros bandidos que praticam a mesma modalidade criminosa. “As investigações seguem com o cruzamento de informações obtidas pela análise criminal”, informou o delegado Reginaldo Salomão.

Flávio era líder do grupo criminoso, que agia com agressividade com as vítimas, assim como a outra quadrilha liderada por um acadêmico de arquitetura, Deyvid Ponce. Com a prisão dos dois líderes, a Derf afirma que o número de assaltos a residência diminuiu em Campo Grande. “A polícia espera ter posto fim a essa modalidade de invasão de domicílio com restrição das vítimas”, destacou o delegado.

Prisão de acadêmico

Deyvid Ponce, 30 anos, foi quem planejou o assalto a empresários na noite do último 12 de junho, no Jardim Centenário. Durante a ação, quatro bandidos torturaram uma das vítimas, que chegou a desmaiar com as agressões. O assalto foi planejado com um vizinho dos empresários e também, com um ex-funcionário das vítimas.

Preso bandido que rendeu família e obrigou mulher dirigir carro com objetos roubados
Foto: Leonardo de França.

A informação que chegou até os criminosos é de que o casal teria na residência, um cofre com R$ 200 mil. Após torturar o morador, como os assaltantes não acharam o cofre, começaram a separar roupas, tênis, bebidas e eletroeletrônicos. Depois, usaram os carros da família para transportar os produtos.

Dois ladrões saíram dirigindo um dos carros e a esposa saiu com o outro sob a mira de uma arma. Com a ordem dos bandidos, ela seguiu um outro carro e foi parar em um milharal à beira de uma estrada. A vítima ainda ficou uma hora esperando acompanhada de um dos assaltantes. No retorno para a cidade, o bandido pediu que a vítima parasse em uma rua do bairro Aero Rancho, quando ele desceu e a empresária voltou dirigindo para casa.

O grupo também é investigado em um roubo onde os bandidos chegaram a agredir uma criança de 7 anos na busca por grande quantidade de dinheiro. Nesse dia, eles levaram pouca quantia e também alimentos da casa no Vilas Boas.

Jornal Midiamax